Loading...

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

TRANSITIVIDADE (VERBO TRANSITIVO - OBJETO DIRETO E INDIRETO)

TRANSITIVIDADE (VERBO TRANSITIVO - OBJETO DIRETO E INDIRETO)
LETRA E MÚSICA: PROFIRMEZA - PROF. ANDRÉ LUIZ RAPHAEL



LETRA:

NÃO DÁ PRA COMER LEITÃO E ARROTAR PERU
VERBO TRANSITIVO DIRETO
O OBJETO TEM QUE SER DIRETO
NÃO DÁ PRA COMER ARROZ E ARROTAR FEIJÃO
O OBJETO INDIRETO COMEÇA SEMPRE
COM PREPOSIÇÃO

Verbo TRANSITIVO precisa de complemento
OBJETO DIRETO ou INDIRETO. Io, io, io!
No objeto direto não se usa preposição
Mas no indireto tem que usar, é obrigação

Refrão

"Eu quero você". Eu quero o quê?
Nesta frase o objeto é direto
"Eu gosto de você". Eu gosto de quê?
Nesta frase o objeto é indireto

Refrão

Mas se o verbo for intransitivo
Não precisa de objeto
Não! Não! Não!
Um exemplo agora eu vou passar
"ESTA CANÇÃO MORREU."
Bye! Bye! So Long!

domingo, 18 de agosto de 2013

VOZ PASSIVA (VOZES DO VERBO)

VOZ PASSIVA (VOZES DO VERBO)
LETRA E MÚSICA: PROFIRMEZA - PROF. ANDRÉ LUIZ RAPHAEL



Publicado em 18/08/2013
VOZ PASSIVA (VOZES DO VERBO)
PROFIRMEZA - PROF. ANDRÉ LUIZ RAPHAEL

Se eu disser que "a menina fez um pão"
O sujeito está fazendo uma ação
Este verbo está na voz ativa -- voz ativa

Se eu disser que "o pão foi feito pela menina"
O sujeito é paciente, não faz ação
Este verbo está na voz passiva -- voz passiva

Voz ativa: o sujeito é agente
Ação ele faz
Não fica parado no lugar
Voz passiva o sujeito é paciente
Sofre a ação, fica parado onde está

"O pombinho era alimentado pela vovó"
Verbo auxiliar + particípio de um verbo
Isto é voz passiva analítica -- analítica

"Alimentava-se o pombinho do parque"
Verbo em 3ª pessoa e também
O pronome "se" apassivador
Passiva sintética

Passiva analítica -- todo mundo está presente
Passiva sintética -- o agente se escondeu

"A garota penteou-se para um passeio"
Ela fez e recebeu uma ação
Isto é voz reflexiva - reflexiva

Voz passiva é muito simples... É simples!
Muito simples! É muito simples!

Tiro lei
Tiro lei
ite
ite
Tiro leiiiiiiiiiiiiiiiiite
Tiro lei
Tiro lei
Tiro lei
Tiro leite!

sábado, 10 de agosto de 2013

domingo, 4 de agosto de 2013

"A ONDA"

Este filme é uma lição sobre a autocracia, o facismo e o nazismo. Professores de Sociologia, Filosofia, História e Geografia recomendam!



SEMANA DE ARTE MODERNA - SEMANA DE 22 (MODERNISMO BRASILEIRO)

Reconstituição da Semana de 1922 - através da minissérie "Um só coração" da rede Globo



"MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS"

Filme baseado na obra de MACHADO DE ASSIS (REALISMO BRASILEIRO)



"CAPITU"

Minissérie da rede Globo baseada na obra "DOM CASMURRO" de MACHADO DE ASSIS



"DOM"

Filme baseado na obra "DOM CASMURRO" de Machado de Assis



VINICIUS DE MORAES

"QUEM PAGARÁ O ENTERRO E AS FLORES, SE EU MORRER DE AMORES"

Documentário baseado na vida e na obra do nosso saudoso poeta modernista da 2ª geração (1930-1945)



"A HORA DA ESTRELA" (CLARICE LISPECTOR)

Filme baseado na obra de Clarice Lispector (Modernismo)



sábado, 3 de agosto de 2013

"MACUNAÍMA" (Mário de Andrade)

Filme baseado na obra modernista de Mário de Andrade (1ª geração modernista - 1922-1930)



AMOR, I LOVE YOU (MARISA MONTE)

Música e videoclipe inspirados na obra "O primo Basílio" de Eça de Queiroz (Realismo português)





"O CORTIÇO"

Obra naturalista de Aluísio de Azevedo que virou filme.





Pergunta: quanto às características naturalistas, poderíamos relacionar a obra "O cortiço" com a obra "Cidade de Deus"? O que vocês acham?

BATALHA DE RAP
(ou DUELO DE RAP)

Semelhante a CONTENDA, porém com outro estilo!



PS.: RAP significa Rithm and poetry (ritmo e poesia)

CONTENDA

Aprenda mais sobre este duelo de versos, muito utilizado pelos cantadores nordestinos!
(Aula 35 de língua portuguesa do NOVO TELECURSO)



quarta-feira, 31 de julho de 2013

LITERATURA: REALISMO E NATURALISMO



LITERATURA: MODERNISMO 3ª FASE - GERAÇÃO DE 45



LITERATURA: MODERNISMO 2ª FASE - PROSA



LITERATURA: MODERNISMO 2ª FASE - POESIA



LITERATURA: MODERNISMO 1ª FASE



LITERATURA: PRÉ-MODERNISMO



LITERATURA: ROMANTISMO II



LITERATURA: ROMANTISMO I



LITERATURA: QUINHENTISMO, BARROCO, ARCADISMO



FIGURAS DE LINGUAGEM



sexta-feira, 8 de março de 2013

LITERATURA DO VESTIBULAR 2014 - FUVEST E UNICAMP

VIAGENS NA MINHA TERRA
AUTOR: ALMEIDA GARRET
ANO: 1846



TIL
AUTOR: JOSÉ DE ALENCAR
ANO: 1872



MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS
AUTOR: MANUEL ANTÔNIO DE ALMEIDA
ANO: 1854



MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
AUTOR: MACHADO DE ASSIS
ANO: 1880



O CORTIÇO
AUTOR: ALUÍSIO AZEVEDO
ANO: 1890



A CIDADE E AS SERRAS
AUTOR: EÇA DE QUEIRÓS
ANO: 1901



VIDAS SECAS
AUTOR: GRACILIANO RAMOS
ANO: 1938



CAPITÃES DA AREIA
AUTOR: JORGE AMADO
ANO: 1937



SENTIMENTO DO MUNDO
AUTOR: CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE
ANO: 1940



BOA VIAGEM!

segunda-feira, 4 de março de 2013

A escola somos nós


Você vai lembrar de mim

quando om próprio nome

no caderno escrever


Você vai lembrar de mim

quando enumerar as coisas

que você viveu


Você vai lembrar de nós

quando ler e compreender

que o futuro começa aqui


A escola é dentro de nós

A gente ensina, a gente aprende

e esta aula não tem fim


A escola não é um muro

A escola não é um prédio

A escola não é sala, não é lousa, não é giz

A escola é a servente, o jardineiro, a diretora

O professor e o aprendiz

Eh! Laia! A chamada já vai começar


Eh! Laia! Vamos moçada, tá na hora de estudar!


Você vai lembrar de mim

Quando descobrir que até a vida tem lições


Você vai lembrar de mim

quando entender que o mundo espera por você


Você vai lembrar de nós... (repete o negrito)


Falado:

"Atenção à chamada:

Alegria: presente

Esperança: presente

Amanhã: presente, presente...


Futuro: presente

Vida: presente

Violência: FALTOU!


Que falte sempre!