Loading...

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

PROJETO EGRÉGORA: REFLEXÕES SOBRE TRECHO DA OBRA "OS DRAGÕES DO ÉDEN" DE CARL SAGAN

Projeto Egrégora: reflexões para afugentar a solidão pedagógica

Inspirado na mesma ideia do pessoal do Gepec (Grupo de terça), vou, a partir de hoje, postar também minhas "pipocas pedagógicas" e reflexões sobre teorias, cursos, práticas e leituras com o intuito de articular discussões e enriquecimento de saberes com quem queira compartilhar experiências, práticas e conhecimentos na web. Quando lemos um livro, a informação fica contida em nós, na nebulosa de nossos pensamentos, em profunda e potente solidão. Entretanto, quando executamos a ação de dialogar e trocar informações com nossos pares, ou com quem quer que seja, ocorre um verdadeiro "Big Bang" do conhecimento, promovendo interação e união entre os seres. E esta energia pode criar e emancipar todo um universo de ações, respostas e possibilidades transformadoras.

Primeira pipoca pedagógica reflexiva: trecho do livro "Os dragões do Éden" (Carl Sagan) - pág. 27.

Neste livro bacana, Carl Sagan menciona uma série de experiências do psicólogo americano Mark Rosenzweig, da universidade da Califórnia, em Berkeley, sobre a influência do ambiente no desenvolvimento do cérebro de camundongos. Os resultados são interessantes! Será que tais resultados surtiriam efeitos no reino humano? Confira o trecho do livro.


Referência bibliográfica:

SAGAN, Carl. Os dragões do Éden: especulações sobre a evolução da inteligência humana / Carl Sagan; tradução de Dr. Sergio Augusto Teixeira e Maria Goretti Dantas de Oliveira. - Rio de Janeiro: F. Alves, 1983.

Nenhum comentário:

Postar um comentário