Loading...

sexta-feira, 15 de julho de 2016

EFÊMERA EPIFANIA



EFÊMERA EPIFANIA

Quando as veias de minha fronte
engrossaram, estufaram, saltaram...
quando a última gota de vinho
chegou ao gargalo... pensei

Seria stress somente
ou seria a foice da morte
roçando minha mente
dizendo que nada é pra sempre?

A vida é curta demais pra soltar pião
Longa demais pra ganhar o pão
Insuficiente demais para a degustação

Que cada minuto não seja em vão
Se não for prazer, que seja lição
Há muito a viver, não há tempo pra lamentação

Nenhum comentário:

Postar um comentário