Loading...

quarta-feira, 28 de abril de 2010

CHARGE, CARTUM E CARICATURA - DISTINÇÃO

A diferença entre caricatura, charge e cartum.

Por: STEGUN

Quando falamos em caricatura, inúmeros são os fatores sociais, culturais e históricos que contribuíram para o surgimento dessa forma de expressão. Uma simples definição não é o suficiente para passar a limpo a riqueza de informações que a caricatura, como linguagem gráfica, traz consigo.


De qualquer maneira, pretendo aqui explicar de modo mais simples possível, as características que diferem as principais formas de manifestação da caricatura como desenho de humor (caricatura pessoal, charge e cartum).
À saber, além do desenho, a caricatura é também expressa através da pintura, da escultura, do cinema, teatro, etc.


Voltando ao desenho de humor, muitas pessoas fazem confusão ao citar uma caricatura pessoal, uma charge ou um cartum.
Qual a diferença entre esses termos?


Caricatura: PopóA caricatura pessoal é uma das formas de expressão caricatural e se utiliza do exagero em determinadas características físicas da pessoa. É mais comum vermos o emprego do exagero nos traços da fisionomia da pessoa caricaturada mas pode-se eleger qualquer parte do corpo, bem como trejeitos para serem destacados no desenho. É muito importante exagerar mas sem esquecer de manter traços característicos que identifiquem a pessoa caricaturada.


Charge: aumento da gasolinaA charge e o cartum são outras duas formas de manifestação caricatural mas o foco principal nesses casos, é uma situação ou um determinado fato ocorrido.
A diferença entre a
charge e o cartum é que a primeira relata um fato ocorrido em uma época definida, dentro de um determinado contexto cultural, econômico e social específico e que depende do conhecimento desses fatores para ser entendida. Fora desse contexto ela provavelmente perderá sua força comunicativa, portanto é perecível. Justamente por conta desta característica, a charge tem um papel importantíssimo como registro histórico.


Cartum: Planeta ÁguaJá o cartum, ao contrário da charge, relata um fato universal que não depende do contexto específico de uma época ou cultura, sendo assim atemporal. Temas universais como o náufrago, o amante, o palhaço, a guerra, o bem x mau, são frequentemente explorados em cartuns. São temas que podem ser entendidos em qualquer parte do mundo por diferentes culturas em diferentes épocas. É comum vermos a ausência de textos em cartuns. São os chamados cartuns pantomímicosou cartuns mudos onde a idéia é representada somente pela expressão dos personagens no desenho sem que seja necessário o emprego de texto como suporte.



FONTE: http://fabricarica.2it.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário