Loading...

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Teoria da literatura - conceitos importantes

O que estuda a teoria da literatura?

A teoria da literatura objetiva-se a estudar a obra, o autor, o leitor e todo o processo que envolve as obras literárias. É com base na teoria da literatura que se fazem as resenhas, as análises, as críticas literárias. É uma base de dados, que permite construir-se um método de reflexão e análise dos textos literários. No cruzamento dos dados da história literária, pode-se estabelecer as mudanças ocorridas no processo histórico com relação ao homem e tudo que o envolve. Neste artigo, citamos alguns conceitos necessários para o entendimento das obras literárias. Sugerimos a leitura do artigo Introdução à teoria literária.

Alguns conceitos

Discurso
Corresponde ao plano de expressão da história. Toda narrativa possue: plano de expressão (plano do discurso) e plano de conteúdo (plano da história).

Espaço
O espaço é toda a organização física que compõe o cenário onde o enredo vai se desenvolve.

Estrutura da obra literária:
- narrador ( a quem se atribue a elaboração do texto uma estória ) - narrativa ( uma estória, um fragmento de estória ou sugestão de estórias )

História
Conjunto de elementos que constituem o significado (conteúdo).

Linguagem
A matéria do escritor.

Literariedade
O foco está no uso da palavra, da forma de expressão. A forma discursiva é rica na expressão, o que se pretende mencionar vai ter um discurso atraente e muito original - as palavras vão ser escolhidas propositalmente para dar um sentido de recriação da realidade. Quando há literariedade o plano de conteúdo é expresso de forma literária, isto é, numa linguagem literária.

Literatura
Manifestação artística cujo material é a (arte que se manifesta por meio do verbo).

Linguagens verbais:
Línguas naturais (português, inglês, etc).

Linguagens não verbais:
Dança, pintura, escultura, música instrumental, etc.

Narrador
Personagem de ficção: sua primeira função é relatar a história.

Narratário
Personagem de ficção. Não se confunde com o leitor. O narrador simula que o narratário seja um leitor de carne e osso.

Obra literária
Uma hipótese permanente - contém uma realidade inventada, fingida, criada pela imaginação do autor. Antigamente era qualquer texto impresso: história, geografia, economia etc. Atualmente o conceito é mais amplo.

Personagens:
- personagem plana: personagem mais definida - maquineísta: ou possui o símbolo da magnitude ou o símbolo da maldade.
- personagem redonda (esférica): mais imprevisível, mais rica, mais perto da verossimilhança.

Polissemia É a característica que possui um signo de ter vários valores semânticos (vários sentidos): Aquele garoto tem um coração de ouro ( garoto muito bondoso ).

Tempo:
- cronológico
- psicológico

Tempo verbal predominante no texto narrativo
Tempos verbais no passado.
Como é uma narração, os tempos verbais aparecem no pretérito (passado): pretérito imperfeito (ia, iam, brincavam, ensinava, aprendia);
pretérito perfeito (foi, derrubaram, confundiram, ensinaram);
pretérito mais-que-perfeito (ficara, entregara, buscara, fizera);
futuro do pretérito (fariam, estudariam, ensinariam).

Texto literário
- Enfatiza a função poética. Enfatiza a mensagem. Ele pode ter um caráter ficcional mas necessariamente ele não tem que ser ficcional.
- O texto literário possui linguagem conotativa, figurada. Tem função poética. Há todo um trabalho de reconstrução da linguagem para enfatizar a mensagem.
- Características: uso de repetição sonora, palavra e estrutura sintáticas.

Texto não literário
* Enfatiza o conteúdo
* Linguagem predominante é denotativa. Sem função referencial. Volta-se para o contexto, para o assunto, visando a informação (função utilitária).

Verossimilhança
Qualidade que faz a arte parecer verdadeira, apesar de todas as coisas impossíveis que ela possa dizer.

fonte: http://www.lpeu.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário